VOLTAR À PÁGINA INICIAL
 

Arquivo Gerência de Educação e Cultura

Diários de Motocicleta

 BUSCA







Registre sua experiência

Este espaço é destinado exclusivamente ao registro dos trabalhos desenvolvidos junto aos alunos no Projeto O Cinema vai à Escola.

Para outras demandas acesse o Fale Conosco.
Dia: 12/05/2014
Nome: jozani Gregolin
Origem: BIRIGUI - STELIO MACHADO LOUREIRO PROFESSOR
Atividade: Professor Coordenador
Comentário: Essa experiência vem subsidiar nossa escola com materiais, equipamentos, acervos didáticos e acompanhado de materiais de apoio à prática pedagógica.
Facilitando o acesso dos alunos a produções cinematográficas que contribuam para a formação crítico-reflexiva do jovem e do adulto, a ampliação do seu repertório cultural, o desenvolvimento da sua competência leitora e o diálogo entre o currículo escolar e as questões socioculturais mais amplas.

Dia: 27/12/2013
Nome: Marilu Luzia Zanutto de Oliveira
Origem: BOTUCATU - MARIA BENEDITA DE ALMEIDA BAIDA PROFA
Atividade: Professor
Comentário: Trabalhei o filme O Povo Brasileiro nas séries do Ensino Fundamental para iniciar a discussão sobre a aula e com o objetivo de despertar o interesse da turma sobre o tema proposto. Para dar continuidade ao tema, a sala foi dividida em grupos de cinco alunos para responder questões sobre origem, influência cultural e como caracterizar o povo brasileiro. Resultado apresentação e discussão das questões.

Dia: 17/12/2013
Nome: Janaína Alves
Origem: BOTUCATU - MARIA BENEDITA DE ALMEIDA BAIDA PROFA
Atividade: Professor
Comentário: Sou professora de Língua Inglesa e neste ano de 2013 tive a oportunidade de trabalhar com os 1as séries do Ensino Médio o filme Honeydripper - do blues ao rock. Dividi o projeto em partes - primeiramente passei textos aos alunos sobre a história americana no que diz respeito à problemática do racismo e desigualdade social na época da colonização, enfatizando a diferença entre os estados do norte e do sul, uma de povoamento e outra de exploração. Na segunda parte discutimos sobre a história da música, salientando o blues e o rock. Isso fez com que os alunos ficassem curiosos para assistir o filme e saber qual era esse ritmo - blues - que eles desconheciam. Na terceira parte prossegui com a exibição do filme. O que me trouxe surpresa foi que eles gostaram muito e prestaram bastante atenção. A última parte constou dos comentários sobre a apreciação do filme e um resumo finalizado com opinião pessoal. Gostei muito dessa experiência e pretendo continuar trabalhando com filmes ao ensinar sobre cultura norte-americana. 

Dia: 17/12/2013
Nome: Ivan Ricardo Felix
Origem: BOTUCATU - MARIA BENEDITA DE ALMEIDA BAIDA PROFA
Atividade: Professor
Comentário: O programa "O Cinema vai a escola" colabora com novas abordagens de ensino aprendizagem, dando suporte ao professor no que diz respeito ao material audio-visual. O filme trabalhado em sala de aula foi "O Mistério do lago azul", onde a produção tratava-se de um documentário sobre a paleontologia. Após o filme os alunos realizaram pesquisas acerca do trabalho dos paleontólogos e museólogos, além de que houve uma trabalho interdisciplinar com os professores de Geografia e Ciências. 

Dia: 06/12/2013
Nome: Valéria Figueiredo de Souza
Origem: GUARATINGUETA - JUCA PADRE
Atividade: Professor
Comentário: Apresentamos o filme Arquitetura da Destruição, que trata da propaganda e destruição nazista durante o periodo da Segunda Guerra. Durante o projeto os alunos responderam os questionamentos e realizaram em sala de aula um debate prévio sobre o poder da propaganda nos século XX. Os alunos puderam fazer indagações durante a apresentação do documentário. Foi muito bem aceito por todos os alunos.

Dia: 02/12/2013
Nome: WAGNER BARRRETO
Origem: REGISTRO - BAIRRO CUBATAO
Atividade: Professor Coordenador
Comentário: Nossa escola recebe alunos oriundos de vários bairros rurais, apresentam uma extrema dificuldade de acesso às atividades culturais. O projeto foi muito bem aceito pelos educandos, onde realizaram um produção: "Um documentário na APAE do município". Foi uma experiência ímpar, pois os alunos desconheciam o funcionamento da instituição. Ficaram entusiasmados com o trabalho, passaram uma manhã com os alunos especiais, fizeram diversas atividades com os mesmos (desenhos, pinturas, dança, música, etc), registrando tudo. Agora, com o documentário pronto, daremos o retorno a eles, levando o material para assistirmos juntos.

Dia: 27/11/2013
Nome: ANA CLAUDIA GARCIA LOPES
Origem: JABOTICABAL - BENEDITO ORTIZ CORONEL
Atividade: Professor
Comentário: Trabalhei o filme Billy Eliot, pois estávamos falando de dança e o filme veio a calhar. Após a exibição, trabalhei  as questões  que vem no livro de apoio, que gerou um debate sobre o tema em questão: o preconceito  vivido pelo garoto que queria se tornar bailarino. Os alunos gostaram muito e através do debate possibilitou abrir o conceito e a visão que tinham sobre o assunto.

Dia: 14/11/2012
Nome: Cacilda Pissolito Xavier
Origem: OURINHOS - ARY CORREA DOUTOR
Atividade: Professor Coordenador
Comentário: É um projeto muito valioso em complementação do currículo. Dá oportunidade ao professor elaborar sua aula diversificada com um material muito rico, pois vem bem fácil de ser manipulado, devido trazer um guia de recomendações paras as disciplinas e os alunos adoram assistir os filmes. É um sucesso! Cacilda.

Dia: 12/11/2012
Nome: Marilani Soares Vanalli
Origem: SANTO ANASTACIO - ANTONIO MARINHO DE CARVALHO FILHO
Atividade: Professor
Comentário: Eu, Marilani Soares Vanalli, professora de Língua Portuguesa e Língua Portuguesa e Literaturas do Ensino Fundamental e Médio, tenho entusiasticamente trabalhado com filmes oferecidos pelo programa "Cultura é Currículo - O cinema vai à escola". Através da leitura filmográfica imagética é possível realizar inferências; análises; debates; discussões; transferências temáticas; e intertextualidades implícitas e explícitas, competências e habilidades. Especificamente, no filme "Crash" trabalhado na 2. série do Ensino Médio, Língua Portuguesa em parceria com Língua Inglesa, a temática central "violência" bem como a transgresão temporal com que é narrado o filme, impõem aos discentes, uma exigência de reflexão, quando comparamos vida ficcional x vida real. Quantos momentos, deparamo-nos com a imbricada situação da violência permeando, invadindo nossas vidas, quer sejam elas, na instância pessoal quanto na profisional. Somos humanos e carecemos de mais sensibilidade. Faz-se necessário aflorar; despertar; por vezes conduzir para a sensibilidade de fato. Eu posso falar clara e fleumaticamente quanto aprendemos pelos filmes que nos apresentam pela ficção recortes verticais da nossa vida diária. É um projeto muito interessante proporcionado pela Secretaria da Educação que vem sendo muito utilizado como mais uma estratégia didática de trabalho. Desta maneira, utilizando a tecnologia intermediando a aprendizagem e fazendo parte dela, temo-la como aliada e propulsora de um aprender diferenciado.

Dia: 09/11/2012
Nome: Carlos Henrique da Silva
Origem: SAO VICENTE - MAYA ALICE EKMAN
Atividade: Professor Coordenador
Comentário: O material enviado pela Secretaria Estadual da Educação foi importante para os professores que coordeno. Quero citar aqui o filme "Lixo Extraordinário". Os professores de ciências fizeram bom uso desse material com os alunos e dentre as atividades podemos citar a roda de socialização em sala, atividades com cartazes. Isso veio complementar as atividades do caderno do currículo, tornando as aulas mais atrativas para os alunos que tiveram um outro olhar sobre a questão do consumo descontrolado.
Em nossa escola fazemos uso de todo esse material nas HTPCs.

Dia: 30/10/2012
Nome: maria de lurdes alves canata becker
Origem: SANTO ANASTACIO - ANTONIO MARINHO DE CARVALHO FILHO
Atividade: Professor Coordenador
Comentário: Gostaria de deixar registrado o quanto a cultura em nossos jovens quando bem trabalhada é importante. Através da filmografia é possível desenvolver várias habilidades, e entre elas vou destacar a sensibilidade. Contextualizar "Ïlha das Flores¨e "Lixo Extraordinário" foi realmente extraordinário, ou seja, apenas uma citação entre muitas.
Parabéns a nossa conquista!

Dia: 26/09/2011
Nome: Edson Harder Filho
Origem: SOROCABA - JOAO CLIMACO DE CAMARGO PIRES
Atividade: Professor
Comentário: Atividade com o filme: O Pagador de promessas -
Após análise do filme, alunos do 3º A do Ensino Médio, elaboraram uma tese dissertativa  sobre o sincretismo religioso abordado na obra e também argumentaram a figura emblemática de Zé do Burro: herói ou bandido?
Pude depois transpor a obra de Dias Gomes e seus personagens marcantes, principalmente em novelas globais como: Saramandaia, O Bem Amado, Roque Santeiro. Data da atividade:  maio de 2010.

Dia: 29/06/2011
Nome: Luciana Martins Cecato Barboza
Origem: MOGI MIRIM - ARISTIDES GURJAO PROF
Atividade: Professor Coordenador
Comentário: O professor de Filosofia, juntamente com outras disciplinas desenvolveram atividades com o filme Fahrenheit 451, proporcionando aos alunos momentos de reflexão e formação do senso crítico sobre o tema "Liberdade".

Dia: 25/06/2011
Nome: Roberta Cristina Rodrigues da Silva Mussi
Origem: SAO JOSE DO RIO PRETO - VICTOR BRITTO BASTOS PROFESSOR
Atividade: Professor
Comentário: Ministro aulas de Leitura e Produção de textos em uma 7ª série. Convidei-os a assistir o filme "Putz, a coisa tá feia!", nesta sala tenho um aluno deficiente visual. Eles prestaram muita atenção ao filme (lindíssimo por sinal).
Ao término do filme, baseada no caderno de orientação, selecionei algumas questões, que eles responderam em grupo, sem nenhuma dificuldade. A turma ficou muito animada e muito unida em torno do filme e do trabalho.
Essa foi minha primeira experiência, e foi muito produtiva. Me estimulou a partir para outras.

Dia: 31/05/2011
Nome: Denilson Filipini
Origem: TAUBATE - GERALDO MARTINS DOS SANTOS PROFESSOR
Atividade: Professor Coordenador
Comentário: Após a apresentação do Filme Crash, no Limite os profesores de Língua Portuguesa, Artes, História, Geografia e Filosofia propuseram aos alunos debates sobre o tema violência. Depois de muita discussão os alunos desenvolveram um mural com frases reflexivas sobre o tema.  

 
Registre sua experiência
Nome:  
 
E-mail:  
   
 
(não será divulgado)
Telefone DDD:  
  Num.    Ext. 
Município:  
    UF: 
Identificação:  
Diretoria:  
Escola:  
Origem:  
Projeto:  
Experiência:  
 
(6000 Caracteres)
Foto:  
 

As experiências somente serão publicadas após análise prévia.
A Secretaria da Educação se reserva no direito de publicar
apenas experiências que digam respeito ao tema em questão.
O envio de foto implica impreterivelmente na cessão de seus direitos de publicação. A SEE não se responsabiliza pelo conteúdo das imagens.
Fotos de crianças, sem autorização dos responsáveis, não serão publicadas. A não ser que não se possa identificá-las.